quarta-feira, novembro 24, 2010

THE DREAM ISN'T OVER! THANX PAUL!

Sim, o sonho não acabou! No dia 21 de novembro assisti ao show de Paul McCartney no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Paul estava melhor do que nunca! Parecia um garoto no palco! Sem qualquer afetação, Paul interagiu com o público desde o momento em que pronunciou as primeiras frases diante de boquiabertas 64 mil pessoas. A sintonia, que já existe há tempos entre ele e sua banda, afina-se a cada show. E fomos brindados por quase 3 horas de puro sonho, recordações, rock!, amor, alegria, vida! Obrigado Sir Paul!

Depois, veja fotos no meu outro blog: www.beatlebox.blogspot.com

E, como não poderia deixar de ser, muito emocionado, consegui gravar, entre gritos, lágrimas e muita excitação, a canção Live And Let Die. Não é um primor de gravação, mas nela dá para notar o estado emocional e de alegria que estavámos todos nós, felizardos, na mágica noite de 21 de novembro de 2010 na cidade de São Paulo! Paul!

Live and Let Die (by Carlos Edu Bernardes)


Live and Let Die! Yeah!

(foto do colega Fabiano Barile, da Beatles Brasil)

Carlos Edu (Big Charles) e Paul, no mesmo instante mágico, na mesma foto!

5 comentários:

Pastorelli disse...

Excelente beatlesmaniaco, muito bom, gostei de ver as fotos. Abraço.

Carlos Edu Bernardes disse...

Obrigado, meu amigo mestrOsvaldo! Faltou você lá no Little Darling! FABRaços! Volte sempre e divulgue o blog!

João Carlos disse...

Não pude ir.Aliás nunca fui.Moro em Recife ou seja,sou pobre,feio e moro longe! Mas fico feliz e honrado que gente como você esteja lá nos representando na magical mystery night!

Carlos Edu Bernardes disse...

Havia várias pessoas de Recife lá! Já vai economizando aí, como todos nós, para podermos nos encontrar num possível show do Ringão em 2011! FABRAços!

Redação disse...

Foram eles que arriscaram e experimentaram novas notas, diferentes compassos e fizeram de seu ritmo atemporal.

Todo mundo sabe que a banda inglesa The Beatles estava à frente de seu tempo. E por isso são pioneiros imortais. O grupo influenciou, influencia e influenciará pela liberdade de expressão musical, tanto novas bandas quanto novas gerações de especialistas, fãs, atletas, políticos, médicos, jornalistas, atores, bailarinos, crianças, adolescentes, adultos, idosos.

Uns acreditam que por causa deles a música se elevou ao nível de arte. Outros, crêem que os quatro fabulosos de Liverpool ultrapassaram os limites da música, causaram um impacto até no modo de se vestir. E hoje podemos reler a beatlemania em nossas vidas. Os reis do iê-iê-iê possuem um reinado que atravessa o universo, o tempo, a vida.

Mas o mais importante, os sargentos solitários num céu de diamantes nos fizeram ver que não há que não possa ser feito, nada que não possa ser cantado, nada que não possa ser dito, nada que não se possa fazer, nada que não possa ser conhecido, nada que não possa ser visto. Não há ninguém que não possa ser salvo.

A estrada para Strawberry Fields é longa e sinuosa, mas logo chega o sol. E quando chegar, você verá que não há nenhum lugar onde você possa estar que não seja onde você quer estar.

É muito fácil. Temos que aprender como jogar o jogo e tudo o que precisamos é amor.

E música.

Depois dessa noite difícil, gire e grite. Embarque agora no nosso submarino amarelo e seja bem-vindo a bordo do Especial Beatles!

Acesse www.pandora.jor.br
www.twitter.com/RevistaPandora
www.facebook.com/pandora.jor

E para participar envie seu texto para casting.pandora@gmail.com