domingo, julho 28, 2013

AND NOBODY'S THERE

O post de hoje é sobre uma linda balada de John Lennon, que nunca foi lançada oficialmente. Essa demo de Mirror Mirror (On the Wall), cantada e tocada ao piano no seu apartamento do Dakota em 1977, tem o tom melancólico e uma letra que revela a sua infindável busca pela sua identidade, pelo seu porto seguro, um lugar em que fosse bem recebido e muito amado. Mais ou menos assim: " -Olho para o espelho e não há ninguém ali... Apenas continuo fitando... Como pode ser? Sou eu? Sou eu?".

Mirror Mirror
John Lennon

Sometimes I look in the mirror
There's nobody there
But I just keep on staring and staring
No, can it be, can it be, can it be?

And then I look in the mirror
And nobody's there
But I just keep on staring and staring
And no, is it me, is it me, is it me?

E o blog Beatles Outtakes pesquisou e trouxe Mirror, Mirror trabalhada por um fã. Depois diz se gostou! Listen!

sábado, julho 27, 2013

YOU RIGHT ME WHEN I'M WRONG

Maybe I'm Amazed é uma canção de Paul que foi lançada no seu primeiro álbum solo, McCartney, em 17 de abril de 1970, no meio de uma grande confusão que acontecia sobre a separação dos Beatles.

A canção é dedicada à sua mulher, Linda, que segurou todos os tipos de pontas e depressões de Paul após a separação dos Beatles. E não foi coisa pouca...

Posteriormente ela foi lançada em single, numa gravação feita ao vivo em 1976, já com o seu grupo Wings, chegando a figurar no top ten americano. Let's go, Paul!

quinta-feira, julho 25, 2013

CAVERN! 1961!

Sensacional gravação de Kansas City - Hey, Hey, Hey em 1961 no Cavern Club! Apesar das limitações da época, a gravação não é das piores e o momento histórico é único (Pete Best ainda era o baterista, pois Ringo só entraria na banda em agosto de 1962)! Enjoy!


Beatles at The Cavern Club 1961 por Steve_Branton

Dica da Lizzie Bravo. Valeu, Lizzie!

terça-feira, julho 23, 2013

AND I'VE BEEN WORKIN' LIKE A HEINRICH!


E o blog Beatles Outtakes traz hoje um convidado muito especial. Ele é intérprete, compositor e multi-instrumentista: o beatlefriend Thiago Heinrich, de Porto Alegre - RS!

E assim, sem muitas delongas, vamos ver e ouvir a releitura que ele fez da canção A Hard Day's Night. Yeah, Thiago!

segunda-feira, julho 22, 2013

THIS WAY

Nos anos de 1963 e 1964 a dupla Lennon/McCartney compôs várias canções que foram "dadas" para outros conjuntos (The Songs Lennon and McCartney Gave Away).

Houve momentos em que os primeiros lugares nas paradas eram ocupados pelos Beatles e logo abaixo viam-se outros conjuntos interpretando suas músicas.

A primeira delas  foi I'll Be on My Way. Ela tornou-se o lado B de um single do conjunto J. Kramer With The Dakotas, com outra também composição de Lennon/McCartney no lado A: Do You Want to Know a Secret?. Single que ocupou o segundo lugar das paradas no REINO UNIDO, enquanto From Me To You figurava em primeiro lugar.

John mais tarde diria que I'll Be on My Way é basicamente uma McCartney's early song, pois Paul a escreveu ao estilo Buddy Holly, seu ídolo maior na época.

Ela apareceu oficialmente apenas no disco Live at the BBC, lançado em 30 de novembro de 2004. Ouça então essa gravação que foi ao ar no dia 24 de junho de 1963, durante o programa Side By Side da BBC de Londres. Listen and enjoy!


sábado, julho 20, 2013

SEATTLE YESTERDAY


Ontem, 19 de julho de 2013, Seattle teve uma noite memorável do rock. Depois de vários anos, desde a apresentação dos Beatles lá, Paul McCartney retorna e faz um show de quase três horas de duração, que contou com a participação dos ex-integrantes do Nirvana (Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear), pra delírio de mais de quarenta e cinco mil pessoas! 

O show começou por volta das 20h, com a música Eight Days a Week, do disco Beatles For Sale de 1964. Nas canções finais, Paul chamou os ex-integrantes do Nirvana (Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear) e tocaram Cut Me Some Slack e Long Tall Sally

Depois do intervalo Paul tocou Yesterday e os ex-integrantes do Nirvana voltaram a tocar até o fim do show. Segue o set list

1. Eight Days A Week; 2. Junior's Farm; 3. All My Loving; 4. Listen To What The Man Said; 5. Let Me Roll It / Foxy Lady; 6. Paperback Writer; 7. My Valentine; 8. Nineteen Hundred And Eighty-Five; 9. The Long And Winding Road; 10. Maybe I'm Amazed; 11. I've Just Seen a Face; 12. We Can Work It Out; 13. Another Day; 14. And I Love Her; 15. Blackbird; 16. Here Today; 17. Your Mother Should Know; 18. Lady Madonna; 19. All Together Now; 20. Lovely Rita; 21. Mrs. Vandebilt; 22. Eleanor Rigby; 23. Being For The Benefit Of Mr. Kite; 24. Something; 25. Ob-La-Di, Ob-La-Da; 26. Band On The Run; 27. Back In The USSR; 28. Let It Be; 29. Live And Let Die 30. Hey Jude; 31. Day Tripper; 32. Cut Me Some Slack (com Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear); 33. Long Tall Sally (com Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear); 34. Get Back (com Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear); 35. Yesterday; 36. Helter Skelter (com Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear); 37. Golden Slumbers / Carry That Weight / The End (com Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear). 

Vejam agora Long Tall Sally (com Dave Grohl na bateria):

Dave Grohl hesita em cantar com Paul no início, mas, para sua felicidade, Paul o chama com um aceno de cabeça na incrível Helter Skelter:

E a canção Cut Me Some Slack (McCartney/Grohl/Smear/Novoselic):

segunda-feira, julho 15, 2013

BLOWING BALLOONS ON A WINDY DAY

Hoje o Beatles Outtakes traz um clipe muito legal da canção de Paul chamada Once Upon A Long Ago. Geralmente o blog posta canções pelo player DivShare, porém ultimamente ele está apresentando um probleminha de compartilhamento e eu então, para não deixar o blog parado, parti para buscar inéditas no YouTube. Espero que aprovem, pelo menos até o problema ser sanado.

A canção Once Upon A Long Ago foi lançada como seu quadragésimo single no dia 16 de novembro de 1987 e fez parte da compilação do álbum All The Best. A trilha foi produzida por Phil Ramone (morto recentemente) e mixada por George Martin. O violino ficou ao encargo de Nigel Kennedy.

Esse clipe foi gravado em terras europeias no mesmo ano, 1987, e não é muito conhecido. Há também uma versão estendida da canção (que postaremos aqui em breve) que só seria lançada em 1993 no "Paul McCartney Collection" na edição do Álbum Press To Play. O lado B do single britânico trazia "Back on My Feet", escrita por Paul e Elvis Costello e foi incluída também no "Paul McCartney Collection" na edição do álbum Flowers In The Dirt. I hope you enjoy!

domingo, julho 14, 2013

SURPRISE

George lançou o álbum Cloud Nine em 2 de novembro de 1987. Nele há a belíssima Someplace Else, que aparecera anteriormente como uma das músicas do filme Shanghai Surprise, de 1986, produzido por George e estrelado por Madonna e Sean Penn, então casadinhos de novo.

Hoje você vai ouvir a versão do filme, cuja trilha sonora não saiu em CD. No filme George aparece como um cantor de boate interpretando outras canções também.

terça-feira, julho 09, 2013

I NEED LOVING, YOU NEED LOVING TOO

Off The Ground é o primeiro álbum de Paul nos anos 90, seguindo o aclamado Flowers in The Dirt, de 1989. Ele foi lançado no início de 1993 e também obteve muito sucesso.

Ouça hoje uma remix feita especialmente para o rádio da canção-título, Off The Ground. Ok, Paul!

sábado, julho 06, 2013

A LOVE LIKE OURS


And I Love Her é uma canção composta por Paul, creditada a Lennon / McCartney, para sua então namorada Jane Asher. 

Ela foi um dos maiores sucessos dos Beatles, bem como de McCartney, que relembra a canção até os dias atuais em seus shows. John diria mais tarde para a revista Playboy que contribuiu com uma parte, mas Paul observa depois que foi uma parte nada importante da canção. 

Sua gravação se deu originalmente em 1964 para o álbum A Hard Day's Night, terceiro álbum da banda, lançado em 1964, como trilha sonora do filme A Hard Day's Night (intitulado no Brasil como Os Reis do Iê Iê Iê). 

E agora você vai ouvir And I Love Her no seu take 2, que estava bem diferente da versão que seria lançada, inclusive com George na guitarra ao invés do violão. 

Essa versão foi lançada posteriormente no projeto Anthology 1. Listen!