segunda-feira, setembro 14, 2015

KENSINGTON, LIVERPOOL, 1958

É uma pena que não se perceba muito bem, mas esta é uma fotografia do disco mais raro da Terra. E está autografada por John Duff Lowe. Quem é ele? Continue a leitura...

Trata-se de um disco único, atualmente na posse de Paul McCartney. O disco foi gravado em 1958 pelo conjunto Quarrymen, no estúdio caseiro de um aborrecido Percy Phillips, em Kensington, Liverpool.

É um 78 rotações em goma-laca e contém no lado A That'll Be The Day, de Buddy Holly, e no lado B In Spite Of All Danger, a única canção composta pela dupla McCartney/Harrison.

Pelo preço que pagaram, não foi permitido aos componentes do conjunto nenhum erro, além do quê a música que comporia o lado B foi decidida no momento da gravação! Lowe e Hanton sequer tiveram tempo de ouví-la antes de gravar! Quem é Hanton? Continue...

O disco tem 10 polegadas de diâmetro e está escrito à mão por Paul McCartney, sem indicação do nome do grupo. Foi gravado por menos de €1,5, a preços atuais. Aliás, o disco só foi entregue aos rapazes quando o proprietário do estúdio, aquele aborrecido Percy, recebeu os €1,5, o que ainda demorou algumas semanas.

O Quarrymen era formado por John Lennon, 17 anos - 09/10/40 (guitarra), Paul McCartney, 16 anos - 18/07/42 (guitarra), George Harrison, 15 anos - 25/02/43 (guitarra), John Duff Lowe, 12 anos - 21/07/45 e o protagonista do autógrafo (piano) e Colin Hanton, 19 anos - 12/12/38 (bateria). Pronto!

Colin Hanton e John Duff Lowe em 2.008, em frente ao antigo estúdio de Percy

O disco circulou por todos os membros da banda e ficou esquecido durante 23 anos em casa de John Duff Lowe, que o cedeu (por uma nota preta, presume-se) a Paul McCartney em 1981.

"-Quanto Paul pagou pelo disco é um segredo entre mim e ele.", disse Lowe.

A Record Collector, que sabe dessas coisas, diz que o disco não tempo preço. Assim que colocou a mão na raridade, Paul encomendou 50 réplicas e ofereceu-as de presente de Natal a George Harrison e Ringo Starr (um imbecil já tinha tirado John de nós), a amigos e família. Este número restrito de cópias tem o segundo maior valor de mercado da história do disco, a seguir do original. A "RC" estima que cada réplica vale umas £10.000.

Em 1995, os Beatles incluiram as duas canções no primeiro volume do Anthology. Quer ouvi-las tais como estão no disco original? É só aumentar o volume e clicar abaixo: Yeah!

That'll Be The Day (Buddy Holly - cover)


In Spite Of All The Danger (McCartney/Harrison)

6 comentários:

Helena Jung disse...

Não sabia que existis discos do Quarrymen ainda, adoro ver raridades dos Beatles. Adorei!

Carlos Edu Bernardes disse...

Olá Helena. Sim, são muito raras gravações dos Quarrymen originais. Eu tenho esse LP aí: http://www.popsike.com/LP-Record-Beatles-THE-QUARRYMEN-AT-HOME-Liverpool-1960/280615025264.html e qualquer hora vou transformá-lo em mp3 para colocá-las aqui no blog. FABraços!

danielmontanher disse...

Estive na 38 Kensington semana passada :-) Infelizmente a placa comemorativa da gravação não está mais lá, foi roubada.

Carlos Edu Bernardes disse...

Realmente é uma coisa difícil, não é Daniel? Porém as placas de Abbey Road, Strawberry Field e Penny Lane foram transformadas em pinturas nos muros para evitar isso. Terão que fazer isso lá em Kensington também, claro. Espero que tenha apreciado e curtido muito o passeio! FABraços!

danielmontanher disse...

Só atualizando, tanto Abbey Road quanto Penny Lane estavam com placas de rua agora no inicio de maio, além das pinturas de muro. Abraço!!

Carlos Edu Bernardes disse...

Valeu pela informação, Daniel! FABraços!