quarta-feira, agosto 19, 2009

LONDON

London Town é o sétimo álbum do Wings, lançado em 1978.

Em fevereiro de 1977, os Wings começaram a gravar o álbum no estúdio da Abbey Road, em Londres. Como nos álbuns anteriores, a banda resolveu gravar em outro local que não fosse a Inglaterra. Assim, em maio do mesmo ano, eles partiram para continuar as gravações nas Ilhas Virgens. Na época, Linda descobriu que estava grávida do terceiro filho, James.

Durante as gravações, o baterista Joe English abandonou a banda. Logo depois foi a vez do guitarrista Jimmy McCulloch, que largou a banda para se juntar ao Small Faces. Os Wings passaram então à formação de trio com Paul, Linda e Denny Laine.

Em 1993 a edicão remasterizada de London Town inclui as músicas Mull of Kintyre e Girls School, que só haviam sido lançadas em single.

O take de hoje traz uma canção deste álbum. É a linda Girlfriend. Porém, esta gravação foi feita na casa de Paul em 1974. Ok, Paul!

Girlfriend (home demo 1974)

segunda-feira, agosto 17, 2009

SUCH A DIRTY OLD MAN

Mean Mr. Mustard é uma canção de John, creditada a dupla Lennon-McCartney, e lançada no álbum Abbey Road de 1969. A gravação teve início em 24 de julho e foi concluída em 21 de agosto de 1969.

John a compôs na Índia, em fevereiro de 1968. A letra foi inspirada em uma notícia curiosa de um jornal local a respeito de um sovina que guardava dinheiro em seu corpo (no canal do reto).

No álbum, junto com a bela Sun King, elas formam um só bloco, apesar de serem músicas distintas.

O final da música é abruptamente interrompido. A explicação é que a sequência inicial registrada em um acetato master era: Sun King-Mean Mr. Mustard-Her Majesty-Polythene Pam. Após ouvir essa sequência, Paul não gostou da ordem e pediu para retirar Her Majesty da fita master e descartá-la. O técnico de gravação, seguindo orientação da gravadora EMI de que não era para apagar nada que fosse gravado pelos Beatles, inseriu-a no fim da fita, após um certo intervalo. Nenhuma mixagem foi feita então. Desta fita master, outro acetato foi criado e o resultado, incluindo Her Majesty no final por acidente, agradou a Paul e assim ficou.

E é um ensaio de Mean Mr. Mustard que você vai ouvir no take de hoje, oriundo das Get Back Sessions (que viria a se tornar o álbum Let it Be), porém, como dito acima, ela só seria lançada no Abbey Road. Listen!

Mean Mr. Mustard (rehearsal)

quarta-feira, agosto 12, 2009

A SPLENDID TIME IS GUARANTEED FOR ALL

Being For The Benefit Of Mr. Kite! é uma canção de John, com algumas ajudazinhas de Paul, que foi lançada no álbum Sargent Pepper's Lonely Hearts Club Band, de 1967.

Ela nos remete a um grande circo, com todos aqueles seus sons característicos. Os ruídos estranhos ouvidos são obtidos por pedaços de fita de aúdio picotadas e coladas aleatoriamente. A voz nasal e fria de John somou-se a tudo isso, criando uma das melhores atmosferas jamais pensadas em disco.

Being For The Benefit Of Mr. Kite! teve seus dias de gravação em 17, 20 de fevereiro e 28, 29, 31 de março 1967, durante as Sargent Pepper's Lonely Hearts Club Band Sessions. Para compô-la, John inspirou-se num cartaz de um circo de 1843, que ele comprou em Kent enquanto filmava o clip de Strawberry Fields Forever.

O cartaz falava sobre um antigo circo pertencente a um certo Mr. Kite. John confessou que compôs a música só para preencher sua cota de faixas no álbum Sgt. Pepper.

Portanto, o take de hoje traz uma mixagem da intrigante canção de John. Enjoy!

Being For The Benefit Of Mr. Kite! (mix)

segunda-feira, agosto 10, 2009

I'M GONNA BE HERE WITH YOU

O primeiro álbum que George lançou após sair dos Beatles foi o triplo All Things Must Pass, de 1970. Ele alcançou o quarto posto nas paradas britânicas e passou sete semanas em primeiro lugar nas norte-americanas, ganhando seis álbuns de platina. Em 2001, foi lançada uma edição remasterizada do álbum contendo uma nova versão para My Sweet Lord.

E é do aclamadíssimo All Things Must Pass que o blog traz o outtake de hoje: Behind That Locked Door. Ok, George!

Behind That Locked Door (alternate version)

sábado, agosto 08, 2009

GREAT

A foto que estampa a capa do álbum Abbey Road, com os Beatles atravessando a rua que dá nome ao disco, faz 40 anos hoje. No local, o dia ficou repleto de fãs que repetiram o gesto dos rapazes em 1969. Great!

E ontem eu recebi um email do site do Paul com um brinde pra lá de sensacional. Paul estava liberando para download gratuito a mp3 de Great Day, música do seu disco de 1997, o belíssimo e aclamado Flaming Pie, e agora está também na trilha sonora de Funny People, terceiro filme dirigido por Judd Apatow e que tem Adam Sandler e Seth Rogen nos papeis principais.

Clique abaixo e ouça a bela canção de Paul! What a day!

Great Day (promo - movie)

quinta-feira, agosto 06, 2009

ROSE

Back to the Egg é o último álbum gravado pelo Wings.

Lançado em 1979, os Wings contaram com uma nova formação. Os antigos membros, o guitarrista Jimmy McCulloch e o baterista Joe English, abandonaram o grupo (Jimmy viria a morrer de overdose logo depois). Para a nova formação Paul chamou o guitarrista Laurence Juber e o baterista Steve Holly.

As gravações começaram em junho de 1978 e, no dia 3 de outubro, os Wings gravaram as músicas Rockestra Theme e So Glad To See You Here com a participação de Pete Townshend (do The Who), David Gilmour (do Pink Floyd), John Paul Jones e John Bonham (ambos do Led Zeppelin). A música ganhou o Grammy de melhor performance instrumental em 1980.

Em 1993, a edição remasterizada contou com a inclusão das músicas Daytime Nighttime Suffering (que na época foi lado B do single de Goodnight Tonight) e Wonderful Christmastime (música solo de Paul).

O blog traz hoje um outtake das Back To The Egg Sessions, a(s) bela(s) Winter Rose / Love Awake. Enjoy!

Winter Rose / Love Awake (outtake)

quarta-feira, agosto 05, 2009

MUCHO

Mucho Mungo é uma canção de John que foi adaptada pelo seu grande amigo Harry Nilsson e lançada no álbum Pussy Cats, de Nilsson, em 1974, como Mucho Mungo / Mt. Elga. Este álbum foi produzido por John na época em que ele viveu com May Pang em Los Angeles.

O take de hoje traz John ao violão cantando a primeira parte da canção em casa. Listen!

Mucho Mungo (home)


Mucho Mungo
John Lennon

Mucho mungo, sweet thing,
Sweetest little thing i've ever seen.
Must have been a sweet dream,
Brought you here,
Brought you through the sorrow
And the tears.
C'est la, c'est la, c'est la vie,
Sail upon the ocean, sail with me.
Sail into tomorrow ev'ry day,
Sail it to the sunshine through the haze.
-------------------------------------------------------------------
Happy Birthday, my dear friend Luiz Domith Chein! God Bless you!

segunda-feira, agosto 03, 2009

YOU KNOW WHAT I MEAN

Era uma tarde de setembro de 1962. Ringo havia ingressado no grupo no mês passado. Os Beatles estavam no Cavern Club ensaiando. Ouça, direto daquela data, I Saw Her Standing There. Play it loud!

I Saw Her Standing There (rehearsal Cavern - september 1962)

domingo, agosto 02, 2009

THEEEEE EEEEEEND

Sensacional mix da bela canção The End, faixa do álbum Abbey Road, lançado em 26 de setembro de 1969.

O título desta música diz tudo: ela não só fecha o disco, mas também a carreira dos Beatles antes da separação. Foi a última canção a ser gravada por eles e a última do medley. John disse na entrevista da Playboy: “ -Aquilo é Paul McCartney. A frase final carrega uma filosofia cósmica que prova que quando Paul quer algo, ele consegue.

Ringo faz, o único solo de bateria em toda sua carreira (aqui nesse take-mix de hoje o ouviremos mais extendido). Paul dividiu o solo de guitarra em 3 partes e deu para George e John tocarem uma parte, fazendo assim uma sobreposição de solos (também extendida neste mix).

The End, antes chamada de Ending era para ser a última música do álbum, mas Her Majesty acabou entrando.

Quem poderá esquecer da frase final? Sem sombra de dúvidas ela ecoará para sempre como o epitáfio da maior de todas as bandas na história da música: “ -And in the end / The love you take / Is equal to the love you make” ou “ -E no final / O amor que você recebe / É igual ao amor / Que você faz.Listen and enjoy!

The End (mix)

sábado, agosto 01, 2009

RUN FAB RUN

Paul lançou o álbum Run Devil Run em 1999, ano seguinte à morte de Linda. Parece que Paul precisava de um disco assim, com músicas que o alegrassem e o colocassem para cima.

O que ele fez? Bom, Paul cercou-se de grandes músicos como David Gilmour (guitarrista do Pink Floyd), Ian Paice (baterista do Deep Purple) e Mick Green (guitarrista da banda Johnny Kidd & The Pirates) e mandou brasa no bom e velho rock 'n' roll.

Pode-se dizer que é um álbum parecido com o CHOBA B CCCP, o famoso álbum russo, com velhas e ótimas canções de rock, porém as canções de Run Devil Run contém composições quase que totalmente obscuras. Eis algumas delas: Blue Jean Bop (Gene Vincent), Movie Magg (Carl Perkins), Brown Eyed Handsome Man (Chuck Berry), No Other Baby (The Vipers) e Lonesome Town (Baker Knight).

O take de hoje traz uma canção das Run Devil Run Sessions, a dançante Fabulous, de Land / Sheldon, que não consta na track list do álbum, porém lançada em single - CD - (mono e stereo), junto de No Other Baby e Brown Eyed Handsome Man, além de figurar na edição original européia - vinil -, limitada, stereo, contendo oito singles mais encartes referentes ao álbum. Fabulous entra como bonus. Enjoy!

Fabulous (cover)